sábado, 17 de setembro de 2011

O dia em que voltei a Oslo, na Noruega...

Moramos em Oslo, por quase dois anos e meio. Foi uma fase de muitos desafios e muitas alegrias na Terra dos Vikings.

Algumas coisas muito especiais desta época ficarão guardadas pra sempre... Por exemplo, foi trabalhando em uma escola internacional que descobri as diferenças entre as culturas e os diferentes estilos de educação dos pais por este mundão afora.

Vejam o que descobri...

  • Que nós brasileiros somos os pais mais super protetores da nossa prole;
  • Que para um norueguês não existe tempo ruim, o que existe é roupa inadequada;
  • Que pimentão cru pode ser um delicioso snack para as crianças e o melhor, sem ser indigesto!
  • Que as crianças saem esquiando da maternidade (brincadeirinha), mas começam bem cedo;
  • Que os bebês quando saem da maternidade já são inscritos em uma lista de amigos que nasceram no mesmo dia e por aí seguem se encontrando;
  • Que Sala dos Professores é igual em qualquer lugar do mundo;
  • Que não podemos ficar com muitos beijinhos com nossos alunos, (o que é normal para nós, brasileiros) isso pode ser um problema no exterior;
  • Que sol da meia noite existe!! E como ele faz falta depois de seis meses...
  • Que o que levamos na nossa lancheira pode ser esquisito para um estrangeiro e vice-versa.;
  • Que os japoneses são super criativos e cuidadosos nos lanches dos filhos. Eu diria, os melhores!!
  • Que comer sardinha, pepino e muitos ovos no café da manhã é super normal para alguns;
  • Que as orelhas doem muito no frio e parecem que podem se quebrar a qualquer momento!
  • Que Indianos e Paquistaneses prezam muito a família e procuram morar todos juntos (sogros, tios, irmãos) em uma mesma casa;
  • Que aos 18 anos, os filhos devem deixar a casa dos pais e trabalhar para o próprio sustento; 
  • Que é normal brincar no recreio com muiiiiita neve, mas quando o termômetro marcava -18º, ahhhh, daí era melhor colocar um filminho na sala de aula mesmo.

Enfim, foi uma experiência maravilhosa e com certeza aprendi muita coisa! Mas o principal, que tenho me policiado até hoje, foi perceber a Educação que as crianças tem para com os professores. 

Palavras como "Bom dia" , "Obrigado" e "Por favor" são básicas, mesmo para crianças bem pequenas. 

Aqui na Suíça percebo a mesma coisa em relação à educação, o que acho ótimo! Atos como olhar nos olhos da professora e dizer "Bom dia" e "Até breve" apertando-lhe as mãos, são diários. Exagero?? Penso que não. Acredito que nunca é demais ser gentil e ter boas maneiras com os outros. 

E voltando ao título, o dia em que voltei a Oslo, voltei para rever amigos super queridos, para rever a escola onde trabalhei e fui recebida como sempre! Um carinho enorme das pessoas de várias nacionalidades  que vivem em um país distante e que por isso formam um círculo de amizades que mais parece uma grande família. 

Gosto tanto daquela terra, que me emocionei escutando o "tio" do Trikk anunciar a próxima parada... ai, ai... voltaria com o maior prazer, sempre!! 

Bisous a todos aqueles que vivem na terra que já está gelada (que eu sei) e sintam meu carinho enorme, transbordando aqui... Fui! 
Pandora Saudosa 




* Todas as imagens acima são do Vigeland's Park em Oslo.

0 comentários:

Postar um comentário

Seja bem-vindo(a)! Sente aqui na varanda que eu vou passar o café!