domingo, 26 de fevereiro de 2012

E a primeira co-autora é...

Domingão nos Alpes.

A casa está cheia de amigos queridos, e já estamos nos preparando para um delicioso almoço na região de Gruyères, hummmm. E a gente emagrece assim?...

Mas não é somente a casa que está cheia de amigos, a vida tem me presenteado com amizades virtuais engrandecedoras, daquelas que somam, que deixam a gente pensando, que faz rir, chorar... E hoje eu quero inaugurar a Série co-autores e pra quem não sabe, foi um convite que eu fiz aqui.

A primeira convidada de hoje, é a Lêda, que chegou até o blog por indicação da cabeleireira dela. Bom, quando comecei a ler o e-mail dela foi como se estivéssemos sentadas em um café, batendo um bom papo entre amigas de longa data. Uma história real, a qual a leitura pode beneficiar muita gente:

Juliana, boa tarde  ( aqui no Brasil, são 15:50hs) !! 
Minha cabeleireira me deu seu blog para conversarmos ou melhor trocarmos figurinhas, pois tambem tenho 2 filhos adotados !!!!
Entrei no seu blog e tudo que li parecia que eu estava revivendo a nossa vida com as crianças !! 
Em agosto /2004 ligaram para o meu trabalho dizendo que haviam 2 meninos, irmãozinhos, um com 2 anos e o outro com 4 anos, numa cidade do interior do Paraná onde não estávamos cadastrados. Nós tinhamos feito o cadastro para adoção em Curitiba, 2 anos antes ( alem de termos enviado nossos documentos para outros foruns entre SP/PARANÁ e STA CATARINA) !
Enfim, já estávamos perdendo o ânimo , pois tinhamos feito o cadastro 2 anos antes, passado por avaliação psicologica, assistente social, preenchido uma ficha , só queríamos cça acima de 1 ano, não importava o sexo, mas queriamos 2cças, porque nosso plano era sermos pais de 2 cças !! AH ! um pequeno detalhe : estávamos casados há 17 anos, eu tinha 42 e meu marido 46 anos, quando eles chegaram. Somos médicos, sempre trabalhamos muito, éramos o casal disponível para a familia e para os amigos !! Todos os nossos amigos davam seus filhos para sermos padrinhos de batismo ( temos 6 afilhados), pois sabíamos que não teríamos filhos biológicos desde que nos conhecemos.Problemas na familia ou com os amigos , era sempre resolvido em nossa casa...
No ano que os meninos chegaram , em 2004, meu marido tinha me dito que se até o final daquele ano eles não chegassem, que fossemos ao FORUM retirar o nosso nome do cadastro nacional ! 
Claro que o telefonema em 24/8/2004 me tirou do prumo !! Pedi uns minutos para a Psicologa de Curitiba que me perguntava se iriamos ficar com as cças, porque eramos o proximo casal da fila que aceitava 2 cças e grandinhas !!! Na cidade de origem dos meninos não havia quem quisesse ficar com eles, porque os casais só queriam bebes e apenas 1 cça. Por isso a Comarca  deles havia ligado para Curitiba, e era a nossa vez !!
 Bom, meu marido perdeu o folego, e resolvemos que sim !! Rezei a semana inteira para que se não fosse para dar certo que algo acontecesse no caminho para ser cortado esse processo todo !! 
Como os meninos estavam em Cascavel, os nossos documentos tiveram que ser enviados por SEDEX de Curitiba para lá e a Psicologa e a Assistente Social de Cascavel precisavam de 1 semana para preparar as cças , mostrando nossas fotos e conversando com eles. Ficou marcado para o dia 30/8, uma segunda feira , no FORUM de Cascavel, o nosso encontro com o juiz e os meninos ! 
Aquela semana pareceu longa demais !! Quem disse que conseguíamos nos concentrar em nossos trabalhos... A distancia de SP a Cascavel é de 700Km, então achei melhor irmos de avião ! Porem, por ser proximo a semana da patria, todos os voos que incluiam Cascavel, faziam escala em Foz do Iguaçu e estavam lotados !! Na sexta feira dia 27/8, as 18hs, meu marido estava atendendo o ultimo paciente no consultorio dele e recebeu a ligação de que infelizmente não havia mais passagens aereas. Ele me ligou e disse que iriamos de carro, no sabado de manhã, dia 28/8, que preparasse as malas. 
Entrou um paciente dele na sala e percebeu que meu marido estava falando comigo sobre passagem aerea e perguntou se ele estava precisando de ajuda, pois ele era dono de uma agencia de turismo e poderia conseguir alguma coisa para nos ! DEU TUDO CERTO !!! ALI EU SENTI QUE OS MENINOS ERAM NOSSOS FILHOS ! Embarcamos no domingo, dia 29/8, chegamos em Cascavel as 20hs. Não conseguimos dormir a noite toda !!! 
Eu fiquei pensando se eles não gostassem de nós, como seria ?! E se as cças não formassem vínculo afetivo conosco? A LEGISLAÇÃO PERMITIRIA DEVOLVER, se não houvesse vinculo num prazo de 1 mes  !!!! Como assim , devolver !!!!!!!!! Estamos falando de seres humanos, não de objetos que eu devolvo na loja porque não gostei ou enjoei ou não era bem isso que eu queria !!!!
Passado a madrugada insone, fomos ao FORUM de Cascavel as 9hs da manhã, daquela segunda feira, 30/8. Assim que entramos no Forum , a assistente social veio nos receber e disse que os meninos estavam numa Instituição ali perto e que desde as 8hs da manhã o menino mais velho ja tinha ligado 3 vezes para saber se haviamos chegado !!
Fomos a sala do Juiz, ele leu para nós toda a história biológica, a desagragação familiar, que os meninos estavam no "larzinho" ha 3 meses, que foi dado oportunidade para a mãe biológica visitar as cças, fazer um trabalho com a Psicologa e tentar readaptação com a assistente social, mas a mãe biológica nunca fez nada disso, e ja estava com 19 anos. O pai biológico ( é o mesmo dos 2 meninos) tambem não tinha interesse em ficar com as cças porque era alcoolatra, nem os avós biologicos .  Documentação em ordem, ja tinham assinado a destituição do patrio poder, e os meninos poderiam ir para familia substituta. E éramos nós !!!!!!!
Nesse momento a assistente tinha ido buscar as cças no Larzinho e entrou com eles na sala do juiz !! O Michel , o mais velho, com apenas 4 anos e parecia um mini-homenzinho, entrou na sala , olhando tudo, olhou para nós e disse : " oi mãe, oi pai, é aqui que nós vamos morar ?"
 Eu pensei que ainda estava dormindo, sonhando, porque eu não consegui levantar da poltrona ! Meu marido correu para abraçá-los... O Fernando, de 2 anos , grudou no pescoço do meu marido e não largou mais !! O Fê não falava, estava com o olho arregalado, olhando tudo e seguindo o irmão ! O Michel veio até mim , sentou no meu colo e ali ficou aninhado !! Eles que nos adotaram !!!!!!!!!!!!!!!
A sala do juiz virou uma festa ! Trocamos as roupinhas deles ( era um uniforme do Larzinho) e pusemos roupinhas que tinhamos comprado para eles. Ficaram tão lindos !!!!!!
Fomos de carro ate o Larzinho pegar as carteiras de vacinas das cças, e o Michel quis me mostrar onde eles dormiam! O Fernando grudou no pescoço do meu marido desde a hora do juiz e não soltou +, não quis sair do carro quando paramos em frente ao Larzinho.
Entramos no Larzinho, haviam muitas crianças de diversas idades, olhando para o Michel e ele dizia : " esta é a minha mãe !! Voces vão ganhar uma mãe, tambem ! "  Aí ele me levou aos quartos, mostrou as caminhas e os bercinhos, me apresentou para as funcionarias, dizia que ia morar em São Paulo. Esse lugar era simples, porem bem limpo e com um jeito bem tranquilo, parecia ser um sitio .  A dona do Larzinho veio falar comigo e nos desejou boa sorte e muita felicidade !
Saimos dali, fomos para nosso hotel, pois o nosso voo so sairia no dia seguinte , pela manhã. Fomos fazer uma prece na Igreja da cidade, agradecendo a Deus a oportunidade daquele presente em nossas vidas !!
Hoje, olhando para trás, ainda me emociono quando lembro de cada momento da chegada deles, o carinho da familia e dos amigos, o aconchego, os presentes que receberam,as visitas dos amigos, o almoço surpresa que meus pais fizeram no dia da chegada deles...
Lá se vão 7 anos e 6 meses !! Passou tão rapido !! Hoje o Michel tem 11 anos e 11 meses, e o Fernando 9 anos e 10meses. Eu até esqueço que são adotados !! Parece que sempre existiram em nossas vidas... Quando viajam com a escola para fazerem acampamento ou o chamado Estudo do Meio, a casa fica tão vazia, os quartos arrumados, sobra tempo para mim !! Outro dia perguntei ao meu marido como conseguimos ficar 17 anos de nossas vidas sem eles !! Mas Deus faz tudo certinho e no tempo perfeito !! SENÃO NÃO SERIAM ELES ! Tudo acontece na hora certa, com as pessoas certas para aquela situação !! Essa é a vida !!!
Acho que eles fizeram muito mais bem para nós do que de nós para eles !!
Bom , desculpe me alongar tanto ! Vamos continuar mantendo contato e vou lembrando de varias situações que eu e meu marido tivemos que aprender ou a ter bom senso !!
Um grande abraço em voce e sua linda familia,
Lêda.  
Lêda, obrigada por compartilhar sua história conosco!! Parabéns por esta família linda, por este encontro e por todas as conquistas que ainda estão por vir na vida de vocês. Esteja certa, ganhou uma amiga!

Bisous do lado de cá, da Pandora mineira, que vive na Terra do Queijo e que ama a vida e as histórias que a vida têm...

12 comentários:

  1. Ju e Leda, tambem achei esta historia muito linda... e como a Ju sabe, tambem tenho dois meninos e não consigo nem lembrar como era a minha vida antes de eles nascerem.
    Fiquei emocionada!

    ResponderExcluir
  2. Leda, quanto amor! Maravilhoso eles terem adotado vcs desde o princ[ipio! Deus abençoe a vida de vcs 4!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Fantástica!!!

    Sabe que amigas vieram comentar do seu blog???? Amigas mesmo, de tomar cerveja, leram o seu blog e amaram, ficamos falando sobre eles horas a fio... =)

    Vocês são inspiradoras! Mulheres guerreiras e batalhadoras!

    Beijos!

    Parabéns pela história de hoje, maravilhosa!!!!

    ResponderExcluir
  4. Jura Dani?? Wow!!! :-)
    Que notícia boa, fiquei super feliz em saber!!
    Beijão, Ju

    ResponderExcluir
  5. Emocionante...Adorei... Beijão pra vc Ju, pra Lêda que nos deliciou com essa história linda e pros filhotes de vcs!!!!
    Sabe que até dá vontade de correr até vcs pra dar um abraço??

    ResponderExcluir
  6. Linda história, muito emocionante! As coisas acontecem quando e onde tem que acontecer!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Chorei!!!
    Que historia linda, me derreti toda rsrs!!
    Beijos nas duas!!!

    ResponderExcluir
  8. Amei a história!! Muito linda!!! bjkss

    ResponderExcluir
  9. De tirar o fôlego, lindíssima história!! E viva a cabeleireira :D Bjos :*

    ResponderExcluir
  10. Ei Ju, de tanto clicar aqui e ali neste mundo da blogosfera acabei "caindo" no seu cantinho.
    Estou amando.. e não consigo aprar de ler.

    Bjs grandes nesta familia abençoada.
    Piu

    ResponderExcluir
  11. Que história linda!! Nos faz acreditar que nossa hora também vai chegar quando tiver que chegar. Beijos!

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo(a)! Sente aqui na varanda que eu vou passar o café!