sexta-feira, 25 de maio de 2012

Minha mãe é uma bruxa e o Dia Nacional da Adoção

Editado: Caros amigos do Contos, 
Após este post, onde coloquei fotos do livro "Minha mãe é uma bruxa" e a tradução do mesmo, uma amiga me alertou sobre problemas com plágio, pois não pedi autorização formal aos autores para tamanha façanha. Portanto, recomendo a leitura deste livro, que nada mais é que um convite à reflexão sobre todo o processo de adoção, pelos quais muitos de nós passamos, desde tratamentos até toda a burocracia, de uma forma lúdica e inusitada. 
O livro foi comprado aqui na Suíça e está todo em francês, mas acredito que possam encontrar em outros idiomas. Peço desculpas por ter que refazer o post, retirando a tradução e também, algumas páginas.  Falha nossa!!
Este post foi escrito em comemoração ao 25/05, o Dia Nacional da Adoção no Brasil. 
Obrigada pela compreensão, Juliana


 Minha mãe é uma bruxa - Rascal et Neil Desmet














  

***

Ao terminar este post, vi um desabafo do amigo e jornalista 

Fabrício Escandiuzzi, que diz assim:

Hoje é o Dia Nacional da Adoção.

É para ser um dia lindo, de destacarmos uma proposta maravilhosa e um grande ato de amor..

A Assembléia Legistiva de SC, em parceira com a OAB, o Ministério Público e a Justiça têm um interessante projeto para promover as adoções.

Uma pena que os esforços na campanha não se reflitam em agilidade nos processos de adoção no estado.

Tudo continua lento, principalmente quando cai na área da assistência social. Famílias esperam a habilitação enquanto crianças esperam por uma nova família em abrigos....

Uso o dia da Adoção para um desabafo que não deveria fazer na internet: estou há mais de um ano na fila e o meu processo sequer foi enviado à Assistência Social. Do jeito que entrou, ficou....

Uma pena gastarmos uma grana com publicidades e audiências quando poderiamos fazer um mutirão e tirarmos essas crianças dos abrigos. Advogados e profissionais estão engajados na campanha, ou não???

Do que adianta filmes bonitinhos na TV quando a realidade são mesas repletas de processos que não saem do lugar.

Como eu, tem quem quer muito adotar.

Eu e minha esposa estamos cheios de amor para dar e tenho certeza que existem muitas crianças esperando que a Justiça seja menos lenta...

Que o Dia da Adoção, seja um dia de reflexão para nossas "otoridades".....

Fabrício Escandinuzzi.

E aí amigos do Contos? Vamos fazer barulho minha gente? 

6 comentários:

  1. Que lindo, amei!!
    Vc se importa se eu imprimir para ler pra Emilly? Ela vai adorar, ela adora livros!!
    Vou compartilhar seu post na Fan page do meu blog no Facebook. O texto do Fabrício é muito bom, posso reproduzir ele no meu outro blog? Temos que divulgar. Por mim eu copiava seu texto todo e publicava no meu blog, adoro tudo que vc escreve por aqui...
    Beijos!!!
    O link da pagina
    http://www.facebook.com/MaeParaTodaVida

    ResponderExcluir
  2. Aline minha querida, vc faz como achar melhor!! Eu só tenho a lhe agradecer pelo apoio e força sempre!! Beijos, Ju

    ResponderExcluir
  3. Ju!
    ameiiiiii.... li tudinho! que historinha linda...
    Parabéns né... pra você...

    beijãoooooooo

    ResponderExcluir
  4. Ju, fiquei encantada com a história e com as ilustrações.

    Essa morosidade nos processos de adoção tem que acabar.

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Que lindo livro Ju... amei a história. Uma bela reflexão sobre a questão da adoção e as ilustrações então... apaixonei!
    Um assunto que tem tanto para ser discutido, né? Parabéns pela vivência e por trazer sempre no seu blog. Tão importante para todo ser humano, pensar, avaliar e valorizar o que se tem na vida!
    Beijos

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo(a)! Sente aqui na varanda que eu vou passar o café!