Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2012

E quem disse que seria fácil?

E quem disse que seria fácil? Para aqueles que acompanham o blog, sabem que somos pais há dois anos, de dois garotos, "Tom" (6 anos) e "Jobim" (quase cinco). Durante este tempo, temos tentado construir passo-a-passo, uma relação saudável, dentro de um ambiente familiar estável e procuramos sempre transmitir a segurança pela qual eles necessitam. Se por um lado, o mais novo já demonstra total e absoluta entrega nesta relação, o mais velho ainda nos mostra que há um caminho a seguir. E eu, muitas vezes, me sinto perdida neste emaranhado de sentimentos, principalmente quando entendo a raiz do problema, mas não sei qual atitude seria a melhor no momento. Pra entenderem melhor esta mãe, que acordou às 04h30 da matina, preocupada com o filho mais velho, e não conseguiu dormir mais, vou tentar "desenhar" a situação. "Tom" em casa, ou melhor, perto dos pais, é uma criança dócil, amiga, bem humorada, alegre, falante e questionadora. Adora desenh

Complexo de Édipo- Parte 1

"Jobim" o filho mais novo no banho:  _ Papai, eu quero casar com a mamãe. Papai, todo trabalhado na " paiciência"   responde:  _ Mas filho, a mamãe já é casada com o papai. E ele, que sempre tem as tiradas mais engraçadas retruca: _ Mas papai, você têm que saber dividir... Um ótimo final de semana a todos!!!  Porque ser mãe de meninos é se sentir a mulher mais  desejada deste mundo... Bisous, Pandora Amada

Educação Financeira, chegou a hora!!

Ter consciência e  responsabilidade sob os próprios atos ao meu ver são os desafios da educação que queremos para nossos filhos. Acredito muito na educação que tive, onde tudo era conquistado com esforço e aos poucos e cada conquista merecia uma comemoração à parte. Ahhh, tempos bons, inesquecíveis e dá um gostinho de saudade... Mas, percebi que apesar de valorizar cada conquista, faltou-me um aspécto importantíssimo, a tal da Educação Financeira. Se por um lado tenho uma consciência sustentável que se preocupa com a água da torneira aberta enquanto se escova os dentes, em tentar re-aproveitar os alimentos, roupas e etc, eu não sei passar por uma boa promoção sem sair com as mãos cheias de sacolas (quem nunca??) e se vou ao IKEA comprar uma lâmpada, saio de lá com um milhares de utensílios mega inteligentes que não tenho nem onde colocar... *** Então, um dia, após algumas "deixas" dos meninos, conversei com o maridão e decidimos que seria a hora de começar a introduzir