sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Por um Período Sabático.

Eu tenho tanto pra contar sobre minha ausência. E eu te conto uma pequena parte disso tudo, assim...

De Juliana, por Lenine, pra você:

Paciência 

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não para...
Enquanto o tempo
Acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara...
Enquanto todo mundo
Espera a cura do mal
E a loucura finge
Que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência...
O mundo vai girando
Cada vez mais veloz
A gente espera do mundo
E o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência...
Será que é tempo
Que lhe falta pra perceber ?
Será que temos esse tempo
Pra perder?
E quem quer saber ?
A vida é tão rara
Tão rara...
Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para não...
Será que é tempo
Que lhe falta pra perceber ?
Será que temos esse tempo
Pra perder ?
E quem quer saber ?
A vida é tão rara
Tão rara...
Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida é tão rara
A vida não para não...
A vida não para...
Até breve!! 
Bisous, Pandora Adormecida- Parte I

6 comentários:

  1. Olá Juliana!! tudo bom?
    Descobri seu blog através da comunidade das Brasileiras na Suíça! Estou adorando... Alias, adorei a matéria do aniversário do seu filho brasileiro na suíça, demais!!!!
    Eu tb tenho um blog... www.vidassuica.blogspot.com

    É sempre muito bom contar as novidades por aqui,né?!

    Beijos,

    Paty

    ResponderExcluir
  2. Tenho pensando em vc mesmo. Sumiu tb do FB. Ainda no Brasil? Mas não cobro, sei que estas pausas são necessária e diria até fundamentais para a nossa saúde mental.
    Beijo grande

    ResponderExcluir
  3. Ju, paciencia eh tudo! E vc tem de monte!! De vagar a gente vai chegando lah... de tempo ao tempo que tudo se encaixa como deve ser!! As vezes temos que ser um pouco bravas com as criancas mesmo, e isso nao quer dizer que a amamos menos... Confesso que as vezes tenho que "falar mais alto" pra que os meus me oucam... Corta o meu coracao, mas se nao for assim a gente nao impoe respeito nem autoridade de pais.
    Voce eh uma mae incrivel em que me espelho muito... Suas dificuldades como mae nao sao soh sua... e sim minha e de muito mais maes por ai...
    Boa sorte sempre. Fique em paz. E com Deus.
    Beijos ,
    Fer

    ResponderExcluir
  4. Que bom que voltou D.Pandora, estava com saudades!! Bjos :*

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo(a)! Sente aqui na varanda que eu vou passar o café!