Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2012

Tá frio? Hummm, tive uma ideia!!

Morar na Suíça e ter a oportunidade de conhecer a região de Gruyères não é nada chato... (cóf, cóf) O lugar é lindo, inspirador, e ainda possui o legítimo Fondue de Queijo! Então, como o início da primavera está frio aí no Brasil, que tal uma receita original (retirada daqui)  de um fondue para fechar a temporada do frio com chave de ouro? Fondue au Fromage (Fondue de Queijo) para 4 pessoas 400 g de queijo Gruyère  400 g queijo Vacherin ( mas talvez você não o encontre, então, use o emmental mesmo e boa!) 1 dente de alho 300 ml de vinho branco 15 g de amido 2 col. (sopa) de Kirsch (aguardente de cereja), pimenta do reino a gosto Esfregar a panela de fondue com o dente de alho, em seguida, deixar (picado ou inteiro, de acordo com o gosto) para o fundo. Misture Gruyère, o amido de milho e o vinho branco e deixe derreter, mexendo sempre. Reduza o fogo, adicione o outro tipo de queijo e continue mexendo até que fique cremoso. Adicione o kirsch e a pimenta. M

BC- Mães Internacionais: Laços de família

Hoje o tema da Blogagem Coletiva do "Mães Internacionais" é sobre como mantemos nossos vínculos com os amigos e familiares no Brasil ou até mesmo, em outros países. No meu caso, desde que nos casamos, nunca moramos perto de nossos familiares, devido aos locais de nossos trabalhos. Há oito anos, vivo a saga de ter morado em: Rio Claro, interior de São Paulo; Blumenau, Santa Catarina; Oslo, Noruega E agora, no Cantão de Vaud, Suíça. Mas hoje a ideia é focar somente no último, ou seja, na nossa vida atual com os filhos em uma terra linda aqui no centro da Europa. Então, te convido para uma leitura lúdica. Que tal entrar comigo no mundo dos "Jetsons", o desenho animado preferido de minha infância, e que dentro da minha fantasia há muitos anos, faria parte de um futuro muiiiito distante. Vem comigo?  As Fotos Adoramos fotos!! Então, além de muitos porta-retratos, temos um grande painel com fotos da família e além disso, deixamos a disposição de todos

Hoje foi assim...

Após entrar na cozinha e pegar papai e filhos no flagra preparando um hamburguer home-made feito pelo papai, logo falei: _Olá meus pequenos e meu grande homem!! Que cheiro bom!! O mais novo me olhou bravo, muito bravo e indignado, disse: _Mas eu não sou pequeno!! Claro, o peguei no colo, o coloquei em cima da mesa e... Hoje a brincadeira (ou uma delas) foi assim: Filhos em pé em cima da mesa. Papai e mamãe em pé, na frente das crianças. E aí, brincando de "projeção", dramatizamos um momento futuro: _Nossa filho, como você cresceu!!! _É... crescemos. (Carinhas orgulhosas nos fitavam) _"Jobim" agora que você está tão grande, onde você vai? _Vou pra "école", de "bus", sozinho. _Nossa filho, que legal! Parabéns! _E você "Tom", onde vai tão grande? _ Vou jogar basquete, volley... _Que demais! Adoro basquete e volley! E você está estudando pra ser o quê? Engenheiro, médico, bombeiro... _Ah, tô estudando pra se

Somos todos super-heróis??

Eu sou mãe há exatos dois anos e cinco meses. Sou mãe de dois meninos lindos.!!! #mãecorujassumida. Não, eles não são gêmeos. Um de seis anos e cinco meses e outro, de cinco anos e um mês, e assim como vocês leitores queridos,  nós somos a família: "Os Incríveis" *** Não sei, mas me tornar mãe me transformou em uma mulher que "pensa" ter super poderes.  A impressão que tenho e que quanto mais eu vivo, mais eu leio e converso com amigas mães... mais eu me surpreendo e percebo que somos muito parecidas. No fim de semana passado, eu e meus filhos viajamos até Oslo, na Noruega, para rever um país que muito me ensinou enquanto morei por lá. E claro, já no embarque do avião voltei a ver as cenas que mais gostava de ver pelas ruas de lá: Mães com bebês, uma epidemia linda e bizarra ao mesmo tempo. Como já disse várias vezes nos meus textos, a Noruega possui a melhor licença maternidade que um país pode oferecer e isto claro, é um dos grandes incentivos ao cre

Eu me permito!! Et pourquoi pas? Why not?...

Enquanto preparo o almoço e o arroz cozinha lentamente na panela, aproveito pra registrar aqui, tudo aquilo que a cabeça não pára de pensar. "Jobim" às quartas-feiras não tem aula e neste exato momento brinca com o melhor amigo, Ticcian. Eles já exploraram o apartamento inteiro, pularam no sofá, se arrastaram embaixo das cadeiras, derrubaram o violão do papai... aquela coisa básica de testosteronas quando se encontram. Também estou ajeitando a casa após um delicioso jantar (mexicano) em casa, mas eu diria que não foi bem mexicano, foi um jantar globalizado. Assim óh: Um jantar com as amigas... Comida mexicana (Fajitas, Tacos, Chilly, Guacamole, etc); Bebida típica brasileira (caipirinha de limão e caipiroska de abacaxi); Sobremesa mineira (balinhas de doce de leite enroladas na palha); E... algumas pessoas deste mundão afora. Minha professora de Francês vinda do sul da França, uma colega de turma da Bosnia, outra colega do sul do Brasil e eu. Na verdade, nós três

Na bagagem, livros!!!

Em julho, no Brasil, aproveitamos para passar uma semana em João Pessoa, na Paraíba. Bom, como o foco do blog não é o turismo, posso apenas dar algumas dicas imperdíveis para curtir por lá, voilà! Conhecer e se deliciar no Restaurante Mangai . Um luxo regional!!!  Hospedar-se no Hotel Tambaú . As crianças se divertiram bastante nas piscinas e nos brinquedos. Recomendamos!!  Recomendo também muito este livro que prende muito o leitor, foi lançado na última Bienal do Livro em São Paulo.  O autor, Vitor Zenaide escreve sobre um romance policial que acontece em Cambridge, na Inglaterra. Ele é bem detalhado e que além de conhecimento, você se sente como se estivesse dentro de um filme.  Voici, a capa: As Três Leis de Newton - Autor: Vitor Zenaide É isto aí!! Feriadão no Brasil... que tal uma boa leitura? Por aqui... apenas uma sexta-feira como as outras.  Estamos bem... Salve Brasil!!  Ah!! Este post não tem nenhum apelo publicitário, ok? São apenas algumas dicas d

Desacelerando...

Se você tira um dia pra arrumar seu guarda-roupa, ou mesmo o de seus filhos, qual é a primeira coisa que você faz? Bom, aqui funciona assim: Eu retiro tudo primeiro, coloco em cima da cama, dou uma boa faxina em tudo e depois do caos estabelecido , volto tudo, aos poucos, para seu devido lugar. O incrível é que o guarda roupa, apesar de ser o mesmo e ter as coisas organizadas no mesmo lugar, muitas são retiradas pra doação por não servirem mais e claro, damos espaço às novas, que foram adquiridas. O mesmo guarda-roupa, mas diferente. Mas questão a ser confabulada aqui neste texto, não é sobre organização apesardeamarestetema, na verdade, vamos falar do  caos estabelecido em cima da cama, antes da re-organização. Assim, vejo a VIDA em alguns momentos, nos dando a oportunidade para uma pausa, uma "faxina interior", ou simplesmente, um novo olhar para as coisas ao seu redor.  *** Voilà, Maio/2012 Um stress começa a acontecer no apartamento onde moramos por conta de uma