sábado, 20 de abril de 2013

O que era doce, se acabou.

De repente, mãe.

A vida de um casal expatriado, morando lá longe, nas terras escandinavas havia mudado com-ple-ta-men-te.

Nos tornamos pais, mudamos de lá (Noruega), para cá (Suíça). Um "caos" cheio de novíssimas informações.
*
A mãe e o pai, nasciam aos poucos.

Alegria
Ansiedade
Excitação
Amor
Medo
Cansaço
Ternura
Paz
Carinho
Perseverança

**
Então, surgiu a vontade de desabafar, falar, de organizar os sentimentos todos que a adoção havia trazido juntamente com o início da maternagem. Daí, surgiu o blog, o Contos de uma Mãe Pandora.
***

Foram apenas um ano e oito meses de blogagem (mais de cem mil visualizações de páginas), muitas amizades surgiram de lá pra cá e ele, (o blog) atingiu seu objetivo principal: trocar ideias, auxiliar alguns pais que pretendem seguir os passos da adoção, registrar uma etapa importante de nossas vidas e compartihar alguns momentos que foram importantes, tanto os bons, quanto os ruins.

E após completarmos dois anos e nove meses pais de filhos queridos e amados, venho aqui me despedir dos leitores.

Os co-autores desta história, meus filhos, são os melhores presentes que poderia ter em minha vida e com a convivência diária e todo carinho que temos pelos dois, as angústias foram diminuindo, diminuindo e foi ficando apenas o que é de praxe na vida maternal: O amor incondicional ao filho, que não importa de onde este (estes) tenha (tenham) nascido (barriga/coração), é filho. Os desafios são todos iguais.

Outro fator foi, que a medida em que as demandas com a idade foram aumentando, menos tempo tenho tido para dar a atenção que um blog merece, desta forma, tenho priorizado o que é realmente importante neste momento: A atenção e participação na vida deles.

Quero agradecer e deixar um beijo especial aos amigos, leitores e seguidores queridos pelo apoio, incentivo e troca de ideias deste tempo juntos e espero vê-los um dia em alguma livraria, pois, quem sabe desta pausa, ainda não surja um terceiro "filho" com folhas e capa? Nunca se sabe, não é mesmo?

E pra não perder o estilo,

Bisous, Pandora que amadurece e assume uma nova etapa da vida.

Au revoir mes amis!!