Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2017

Ser MÃE na adolescência. Um relato pra lá de maduro...

Hoje, aqui no CONTOS de MÃE , o relato emocionante da mãe Heloísa, a Helô, que não carrega somente este nome lindo não, ela  traz pra gente toda a beleza, a fortaleza, a responsabilidade e a verdadeira essência que a maternidade nos apresenta. Ela foi mãe adolescente e tem muito a compartilhar conosco.  Obrigada por este relato lindo Helô! Fiquei ainda mais sua fã!   "Olá pessoal, hoje estou aqui, para contar a vocês como foi a experiência de ser mãe na adolescência. A Juliana me conhece desde que eu era criança e fiquei honrada quando recebi o convite para publicar meu relato. Quando eu tinha 17 anos, descobri que estava grávida. Eu tinha acabado de te terminar o ensino médio e aguardava os resultados dos vestibulares. Eu não era uma garota que curtia a vida adoidado e aprontava todas, muito pelo contrário, tinha namorado e era bem certinha. Por ser a primeira neta, responsável, boa aluna e careta, aparecer grávida em uma família grande e bem tradicional, foi um ch

Podemos e devemos evitar generalizações

Você tem irmãos? Um ou mais filho(s)? Se os têm sabe do que estou falando, se não, observe a sua relação com seus irmãos e /ou a relação dos seus tios e compare com seus pais ou mesmo seus amigos que possuem irmãos...enfim...   ninguém é igual a ninguém...  Com os filhos adotivos não é diferente. Durante os vinte anos que trabalhei em escolas (😲veja bem... comecei aos dezesseis anos), muito se ouvia sobre as falas generalizadas em relação às crianças adotivas. Muitas destas falas vinham dos próprios pais e/ou professores. As crianças (coleguinhas de classe) dificilmente fazem qualquer tipo de diferença ou pré-julgamento, da parte delas, até hoje só vi curiosidades em relação ao tema. Na minha graaaande família (aquela de primos de primeiro e segundo graus) temos outros casos de adoção, de uma criança (que hoje já é vovó 😁) outra que adotou três filhos, sendo uma menina e um casal de irmãos gêmeos, sendo que um deles cresceu e também adotou um bebê ) e aqui em casa, dois irmã

uma nova etapa do blog acaba de nascer!!

Tantas coisas acontecendo no mundo né... e eu não encontro o ponto de interrogação no meu teclado recém instalado... mas os problemas do mundo estão tão graves que requerem uma discussão mais profunda, muita reflexão e enquanto vamos fazendo nossa parte dentro das nossas casas, com nossos filhos e família, vou continuar teclando aqui meus devaneios até que o tal do ponto de interrogação apareça em alguma tecla perdida por aqui... e outras postagens deste tema possam vir em outro momento. O fato é que uma amiga me ajudou a mudar a cara do meu blog, dando um ar mais personalizado e isso se deve a algumas mudanças que virão pela frente. Os codinomes de meus filhos nos textos vão permanecer por uma questão de neurose  de escolha da mãe. Acredito que já que os contos são  escancarados  verdadeiros, um mínimo de preservação, acredito ser necessário. BUT. .. porém, contudo, os filhos cresceram um "cadinho" e agora, depois de tantos anos preocupada se eles aceitariam ou n